A família do século XXI. Como lidar?

"Ainda somos os mesmos como nossos pais" (Belchior)

por Neide Noffs | 09 / 08 / 2017 - 15 h

Atualmente a educação passa por uma "revolução" pois os valores da sociedade, os papeis profissionais, familiares que presenciamos, a visão de mundo e das pessoas neste planeta terra estão sendo debatidos pois vivemos a pluralidade de ideias, a diversidade...

No século XX vivíamos uma relação em que pais cuidavam diretamente de seus filhos, os avós conviviam com seus netos tendo a alimentação, a reunião familiar como eixo articulador, a relação marido/esposa nos parecia mais perene onde o diálogo, o conflito conviviam em harmonia, pois "cuidar" da família se apresentava como um valor aceito naturalmente...

O século XXI, este momento que vivemos, apresenta-se como um momento de mudanças, de transição advindos de novos conhecimentos, aumento da população, diferenças significativas envolvendo o socioeconômico, a ética e as relações étnico-sociais estão evidenciadas.

A sociedade tem acesso às tecnologias da informação e comunicação (tic), as notícias são rapidamente propagadas.

O homem se "empodera"... esse poder que convive com ações que nos acolhem... ou nos excluem. Embora presenciando contradições e aproximações este momento que vivemos oportuniza uma grande reflexão. "Qual o nosso papel neste mundo? Imediatamente nos lembramos da "busca da paz", da harmonia, do compartilhamento do bem... de cuidar de nossas crianças, idosos, do ambiente, da natureza...

Como educadora tenho como referência a Educação que propõe o desenvolvimento das pessoas por meio de aprendizagens significativas. Estas aprendizagens implicam na construção de um ambiente amoroso que permita promover a autoestima, o respeito a si e aos outros, onde as convenções sociais deveriam superar o nosso viver circunscrito ao presente imediato, que reduzam a pressão social e se dirijam a busca da compreensão do viver em sociedade onde a luta só deverá ocorrer em favor do crescimento de pessoas no exercício de autonomia, no desenvolvimento da capacidade, de fazer escolhas, e tomar decisões.

Sabemos que neste processo nos deparamos com diferentes variáveis entre elas a família que temos, o contexto social, econômico que vivemos... e que influenciam a construção de nossos valores, crenças e atitudes.

Porém acreditamos no potencial que todos nós herdamos genética e espiritualmente e que por meio da Educação nos desenvolvemos, nos amadurecemos.

Entendemos que a Educação (não vista como acumulo de conhecimentos e sim como articulação de saberes que possibilita resolver situações em nosso cotidiano) só será bem sucedida se contarmos com o papel da família... a família que escuta, que ouve o que está em seu entorno, a família que olha e vê a necessidade de seus filhos, seus irmãos, tios, amigos: a que se pronuncia ajudando a elaborar fatos de seu cotidiano onde a "conversação", o falar e o dizer se façam presentes pelo diálogo e aceitação de todas a s pessoas de sua convivência independente de raça, cor, gênero, parentesco...

Acreditamos que o presente vivido é o que constrói o amanhã; no presente construímos os sonhos que realizaremos no futuro.. portanto o como lidamos com nossas vidas no presente é que usufruiremos" no amanhã".

Temos que cuidar para que os estilos e jeitos de enfrentar nosso cotidiano sejam repletos de coragem, paciência, bom senso, afetividade, dedicação, desprendimento, bondade, ternura, solidariedade...

Lembramos de MARIA, mãe de JESUS, como exemplo deste exercício de vida. Somos seres viventes situados no tempo/espaço com história pessoal e intransferível onde potencialidades e limites se apresentam como desafio. Devemos aproveitar o momento presente para nos reconciliarmos com nossa própria história, admitindo erros, falhas em nós e nos outros, e que possamos ressignificar a família que tivemos, que somos e que seremos...tenhamos fé sempre esclarecida e acompanhada de nossa prece... nosso principal trabalho a caridade... nascemos para sermos felizes com alegria e esperança com a certeza que temos que aprender a construir nossa família não só a biológica mas todas as que o plano espiritual nos possibilite.

Século XXI seja bem vindo!! Que possamos no presente construirmos um futuro onde a Educação e o vínculo familiar os tornem “fortes” capazes de enfrentar e superar os obstáculos se comprometendo com a evolução e progresso de todos!

Agenda

eventos cal. institucional (destaques) datas comemorativas feriados
Mais
PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.