Acolhimento e bem estar a serviço da PUC-SP

Assessora especial da Fundação São Paulo presta atendimento a quem precisa ser ouvido sobre a vida cotidiana

por Mara Fagundes | 24/08/2017 - 11h

Escutar o outro, dar atenção, acolher, aconselhar, visitar quem está ausente da Universidade por motivo de doença e se preocupar com o bem-estar da comunidade, são algumas das tarefas que irmã Valdete Contin realiza na PUC-SP há muito tempo. Assessora Especial da Fundação São Paulo, mantenedora da Universidade, a religiosa, que faz parte da Congregação de Nossa Senhora – Cônegas de Santo Agostinho, se coloca à disposição de alunos, professores e funcionários que sintam a necessidade de partilhar assuntos de cunho pessoal e que tenham, em contrapartida, a garantia do sigilo.

Os atendimentos acontecem no prédio da Fundação São Paulo, em uma sala reservada para manter a privacidade de quem, segundo ela, necessita de algo tão simples, mas tão difícil em nossos dias: ser ouvido. “As pessoas que procuram o atendimento buscam na verdade alguém que ouça suas realidades, antes de tudo, com respeito e que possa oferecer a elas uma palavra de conforto. O meu desejo é que, ao partilharem suas necessidades, elas se sintam confortadas”, afirma Irmã Valdete. “É uma forma, inclusive, de preservar nossa identidade católica, já que é um trabalho que faço em nome da Igreja, a pedido da Fundação São Paulo”, acrescenta.

Os horários com Irmã Valdete Contin devem ser agendados no telefone (11) 3670-3341, com Tânia.

Agenda

eventos cal. institucional (destaques) datas comemorativas feriados
Mais
PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.