Carreira docente: PUC-SP reabre concursos de ingresso e promoção

Universidade também debate projeto de aposentadoria para professores

por Redação | 24/04/2018 - 13h

Depois de mais de uma década, a PUC-SP volta a realizar processos de ingresso e promoção na carreira para docente, começando assim a enfrentar a realidade que ficou conhecida como “represamento docente”. Há cerca de duas semanas, o Conselho Universitário (Consun) e o Conselho de Administração e Finanças (Consad) aprovaram a proposta da Reitoria que define a abertura de vagas para o ano de 2018. Em 16/4, a Reitoria também se reuniu com chefias acadêmicas para falar sobre o tema e tirar dúvidas.

Segundo o Estatuto e o Regimento Geral da Universidade, o Conselho Universitário é o órgão responsável por “aprovar as vagas para carreira do magistério, à vista de proposta do Reitor”.

A Reitoria acredita que esta seja uma oportunidade de (re)abrir a discussão em torno do tema, avançando em novos passos e propostas ao longo do tempo. Clique aqui para ler na íntegra o documento divulgado pela Reitoria sobre o tema. 

As regras que ficaram estabelecidas para este ano podem ser consultadas na deliberação divulgada pela Reitoria em 10/4. Em 2018, os concursos ocorrerão para as categorias de Assistente Mestre, Assistente Doutor e Associado. Professores aptos a participar do processo seletivo têm até 30 de abril para se inscrever.

 

APOSENTADORIA

Ciente da necessidade de se discutir alternativas dignas de aposentadoria para professores, a Reitoria também levou ao Conselho Universitário propostas sobre o tema. Por decisão do órgão colegiado, as pautas do ingresso/promoção e da aposentadoria foram discutidas e encaminhadas separadamente. Para ambas, a gestão levou em conta o que regem o Estatuto e o Regimento Geral da Universidade, e a atual disponibilidade orçamentária da Instituição.

No caso da aposentadoria, o objetivo da Reitoria é valorizar a contribuição dos professores experientes, reconhecer sua competência e contribuição para a história da Universidade e promover condições de planejamento individual e institucional para que a saída da carreira se dê de forma gradual e digna. Além disso, as alternativas propostas visam incrementar gradativamente a renovação do quadro docente da PUC-SP, sempre priorizando a preservação de sua qualidade acadêmica.

A pedido dos representantes do colegiado, os debates em torno do tema terão continuidade na próxima reunião ordinária do Consun, em 25/4. Ficou estabelecido também que as unidades que desejassem enviar contribuições ou dúvidas sobre o tema para serem debatidas pelos conselheiros deveriam fazê-lo à secretaria do Consun, até 18/4.

Em conjunto com a TV PUC, a reportagem do J.PUC ouviu professores e um estudante, todos integrantes do Consun, sobre a proposta aprovada em relação à carreira docente para 2018. Assista aos vídeos a seguir:

 

- Prof. Pedro Paulo Teixeira Manus (Diretor da Fac. de Direito)

 

- Maria da Conceição da Costa Golobovante (profa. de Publicidade e Propaganda)

 

- Cibele Saad Rodrigues (coordenadora acadêmica do Hospital Santa Lucinda e profa. da Medicina)

 

- Marco Magli Aluno (estudante de História)

 

 

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.