Professora é eleita para Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Flávia Piovesan terá mandato de quatro anos

por Redação | 22/06/2017 - 11h

A profa. Flávia Piovesan (Fac. De Direito) acaba de ser escolhida para integrar como conselheira, por quatro anos, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH). A comissão monitora a questão dos direitos humanos nos 34 países-membros da Organização dos Estados Americanos (OEA). Ela e mais dois juristas, um mexicano e um chileno, foram eleitos durante a 47ª Assembleia Geral da OEA, realizada dia 21/6, em Cancún (México).

Flávia falou ao jornal "O São Paulo" sobre sua indicação “É uma grande honra para o Brasil esta eleição, por reafirmar o compromisso com o sistema interamericano de direitos humanos, que salvou e continua a salvar vidas. O sistema tem extraordinária contribuição no fortalecimento dos direitos humanos, da democracia e do Estado de Direito na região”. Clique aqui e confira a matéria completa.

Em nota a reitora da PUC-SP felicitou a docente:


A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo parabeniza Flávia Piovesan por integrar a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH).

Com a missão de representar e promover a pauta humanitária no país, a professora da PUC-SP foi eleita pela Organização dos Estados Americanos (OEA) no dia 21 de junho.

Acreditamos que sua vasta experiência na área de direitos humanos irá contribuir para ampliação da democracia, além da redução da violência e desigualdade no continente americano.
 

Profa. Maria Amalia Pie Abib Andery
Reitora da PUC-SP

Prof. Antonio Carlos Malheiros
Pró-Reitor de Cultura e Relações Comunitárias


 

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.