Uma década de luto

Professora da PUC-SP que atendeu parentes das vítimas do maior acidente aéreo do Brasil fala sobre a vivência do luto

por Redação | 10/07/2017 - 12h

O maior acidente aéreo do Brasil completa 10 anos nesta segunda-feira (17/7), mas para os parentes das vítimas é como se o tempo não tivesse passado. A dor da perda de um ente querido possui etapas que são essenciais na vivência do luto, segundo a coordenadora  do Laboratório de Estudos e Intervenções sobre o Luto da PUC-SP, professora Maria Helena Pereira Franco. A docente, que atendeu parte das famílias das 199 vítimas que morreram no acidente com o voo 3054 da TAM, falou sobre o assunto em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo. Confira a matéria na íntegra clicando aqui.

obs: A professora Maria Helena Pereira Franco está em Portugal onde preside, nos dias 10 e 11/7, o I Congresso Luso Brasileiro do Luto, na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, ao lado do professor Antônio Barbosa. O evento reúne um número significativo de profissionais brasileiros e, em 2019, será realizado em São Paulo.

 

 

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.