“Ato em Defesa do Jornalismo e da Democracia”, com transmissão ao vivo

Entidades organizadoras apresentarão os mais recentes números da violência contra as e os jornalistas no último período e divulgarão um manifesto unificado em defesa do livre exercício do jornalismo e da democracia

por Redação | 23/09/2022 - 00h

Clique aqui para assistir pelo youtube da TV PUC

 

Dia 27/9, às 19h, se realiza o Ato em Defesa do Jornalismo e da Democracia, no campus Monte Alegre, auditório 239 (2º andar, prédio novo).

“Diante da escalada de ameaças, agressões, ataques físicos e virtuais e tentativas de censura e intimidação contra as e os jornalistas, especialmente durante o período eleitoral, as entidades jornalísticas e organizações que defendem a liberdade de imprensa e os direitos humanos convocam ato unificado em defesa das e dos profissionais de imprensa e da Democracia”, afirmam os organizadores da atividade.

O ato é convocado pelas seguintes entidades: Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Associação de Jornalismo Digital (Ajor), Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), Repórteres sem Fronteiras (RSF), Instituto Vladimir Herzog, Associação Profissão Jornalista (ApJor), Barão de Itararé, Intervozes, Centro Acadêmico Vladimir Herzog, Centro Acadêmico Benevides Paixão.

As jornalistas Patrícia Campos Mello e Bianca Santana, vítimas de agressões e ataques promovidos pelo atual presidente da República e seus apoiadores, estarão presentes no ato para compartilhar suas histórias.

Durante a atividade, as entidades organizadoras apresentarão os mais recentes números da violência contra as e os jornalistas no último período e divulgarão um manifesto unificado em defesa do livre exercício do jornalismo e da democracia.

O evento contará com a presença de organizações da sociedade civil em defesa dos direitos humanos, como OAB, Grupo Prerrogativas, Grupo Tortura Nunca Mais e Comissão de Justiça e Paz, Condepe - Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, além do apoio e parceria do Curso de Jornalismo da PUC-SP e da FAFICLA.

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.