Nota de repúdio à Política Nacional de Educação Especial

Documento é do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP), cuja presidenta é a profa. Beatriz Brambilla (FACHS/PUC-SP)

por Redação | 05/10/2020 - 00h

O Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP), cuja presidenta é a profa. Beatriz Brambilla (FACHS/PUC-SP), acaba de publicar uma nota de repúdio ao decreto que institui a “Política Nacional de Educação Especial: Equitativa, Inclusiva e com Aprendizado ao Longo da Vida”.

O CRP-SP a considera “capacitista e contrário ao modelo social pautado na inclusão das pessoas com deficiência e por possibilitar retrocessos aos direitos já garantidos em âmbito legislativo e constitucional”.

Clique aqui para ler o documento na íntegra.

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.