Josildeth Consorte e Luiz Eduardo Wanderley: professores eméritos, professores excepcionais

Conselho Universitário concedeu outorga aos docentes, em sessão solene, na manhã de 18/8

por Redação | 19/08/2022 - 00h

Um clima de muita emoção e reencontro marcou a cerimônia de concessão do título de Professor Emérito à Josildeth Gomes Consorte e a Luiz Eduardo Waldemarin Wanderley. A homenagem foi solicitada pelos docentes do departamento de Ciências Sociais é outorgada pelo Conselho Universitário (Consun). 

A reitora Maria Amalia Andery em seu discurso fez questão de enfatizar a singularidade do momento. “Hoje é um dia muito feliz para todos. A concessão do título de Emérito é rara. O professor emérito é aquele que está muito além daquilo que se espera de um docente, e não há homenagem maior que uma instituição de ensino possa fazer, além da concessão desse título, pois ele significa o reconhecimento de uma condição absolutamente especial de algumas pessoas na sua contribuição para a vida acadêmica de uma instituição”. 

O título de Professor Emérito foi outorgado aos dois docentes pelo Conselho Universitário (Consun). A honraria havia sido solicitada pelos docentes do departamento de Ciências Sociais e celebra trajetórias que vão muito além de realizações e conquistas acadêmicas individuais. É o reconhecimento da PUC-SP à importância de ambos para a construção da história da pesquisa científica na Universidade e no Brasil, e a celebração de décadas de amizade e afeto oferecidos a centenas de orientandos, alunos e colegas de profissão.

A cerimônia contou com a presença da reitora Maria Amalia Andery, da vice-reitora Angela Brambilla Cavenaghi Themudo Lessa, do Vigário Episcopal para a Educação e a Universidade, Dom Carlos Lema Garcia, representando o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo e grão-chanceler da PUC-SP. Além de professores, estudantes e convidados.

Clique aqui e confira na íntegra o discurso do prof. Luiz Eduardo Waldemarin Wanderley.

Confira abaixo o depoimento de alguns presentes: 

“Na PUC-SP, temos o entendimento de que professor emérito é alguém que, entre os docentes, contribuiu de uma maneira excepcional para a vida universitária e, nessa contribuição, transformou e marcou a Universidade para muito além de seu tempo de atividade. Emérito é sempre alguém que tem uma longa história na universidade e que, em algum momento, essa história é reconhecida como sendo excepcional. 
Os dois professores que hoje receberam a honaria concedida pelo Consun possuem todas as qualidades inegáveis para tal. A profa. Josi destacou-se no campo de estudos dela, foi inovadora, criou grupos de pesquisa, abordou temas que antes eram totalmente desconsiderados pela própria Antropologia, marcando indelevelmente esta área não só na PUC-SP mas como ciência num todo. Já Wanderley é alguém inovador, profundamente ligado à igreja católica renovada e que criou também modos de pesquisa, temas de trabalho, trazendo essa marca para PUC-SP quando foi reitor. Seu compromisso com o humanismo, a formação e a democracia são até hoje marcas da nossa Universidade, que devemos não só a ele, mas em boa parte a ele”.
Maria Amalia Andery – Reitora
 

"Em representação ao senhor Cardeal Odilo Pedro Scherer, venho trazer o reconhecimento pelos trabalhos prestados a essa comunidade acadêmica, pela professora Josildeth Consorte e o professor Luiz Eduardo Wanderley, pela dedicação dos seus longos anos de trabalho acadêmico, como foi recordado aqui pelas pessoas que falaram durante a homenagem. A vocação da universidade é a busca da verdade e de abrir caminhos para os seus alunos. A excelência acadêmica e pessoal de ambos, com certeza, marcaram a história da PUC-SP e de gerações de alunos que passaram por suas salas e também os que foram orientados em seus trabalhos acadêmicos.
As pessoas passam, mas os trabalhos acadêmicos permanecem nos estudos, livros, artigos publicados, nas dissertações e teses orientadas e nos cursos proferidos. A memória dos professores sempre permanece, nunca se perde, sobretudo no coração dos alunos. A vida profissional dos professores e educadores permanece marcada por suas palavras e sobretudo pelo exemplo de suas vidas. Nós sabemos que não é só a palavra que empurra, mas o exemplo que arrasta. Tenho certeza de que a maioria dos que estão aqui e que foram orientados por esses dois professores têm essa consciência muito forte em seus corações". 
Dom Carlos Lema Garcia - Vigário Episcopal para a Educação e a Universidade
Representando o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo e grão-chanceler da PUC-SP

 

“Em alguns momentos tensos, como são agora, a rememoração torna-se um caminho necessário. Vivemos tempos sombrios e o dia de hoje, de homenagens e lembranças, enaltece a trajetória destes dois importantes docentes, e nos alimenta, e nos lembra o quanto a educação deve ser utópica para ser efetivamente libertadora. Em nomes da Faculdade de Ciências Sociais, agradeço por essas trajetórias, o legado que nos deixam professora Josildeth Gomes Consorte e professor Luiz Eduardo Wanderley, obrigada!”
Carla Reis Longhi - Diretora da Raculdade de Ciências Sociais
 

 

Quando começamos, não fazemos ideia do que vamos enfrentar, nem se ultrapassaremos as adversidades. Enfrentamos as coisas à medida que elas vão acontecendo, e isso é muito forte. Estou feliz, que bom que eu vivi para estar aqui nesta solenidade. Claro que não fazemos nada pensando em receber este mérito, a gente faz por que faz, por acreditar. Mas receber uma homenagem como essa é maravilhoso”.
Josildeth Gomes Consorte – Professora Emérita

 

Sou grato pelo carinho de todos. Foi um dia muito especial e de muita emoção para mim. Eu vou continuar firme. Estou escrevendo dois livros e, se houver oportunidade, vou escrever mais”.
Luiz Eduardo Wanderley – Professor Emérito

 

 

 

“Foi uma festa com muita emoção. Esses dois professores incríveis têm uma carreira e uma história maravilhosas e contribuíram muito para o crescimento da nossa Universidade. Não posso deixar de dizer o quanto estou orgulhosa do meu marido, que conheci aqui na PUC-SP, e com quem eu me casei em 1988. Para mim, hoje é um dia excepcional, espetacular. Agradeço pelo reconhecimento que a nossa Universidade faz aos seus professores".Mariangela Belfiore Wanderley, Chefe de Gabinete da Reitoria e esposa do prof. Wanderley

 

“Comecei a minha vida administrativa na PUC-SP como vice-reitora na gestão do prof. Wanderlei. Foi muito bom trabalhar com ele e com a profa. Mariangela que, na época, era a chefe de Gabinete da Reitoria. Esta homenagem é mais que merecida para ele e para a profa. Josildeth. São pessoas que dedicaram suas vidas às áreas de trabalho e de pesquisa”.
Anna Maria Marques Cintra – Ex-Reitora
 

 

 

“Os homenageados têm uma importância enorme, tanto para Sociologia, que é a minha área, quanto para a Antropologia. Nós temos um programa de pós-graduação que é interdisciplinar, no qual as áreas se cruzam e, eles (os homenageados) além de uma notável pesquisa, são muito influentes e irradiam conhecimento para orientandos e alunos. São pessoas admiráveis, que ajudaram a construir nossa instituição e a nossa área de atuação, então é afetivo e é por mérito também. Um prazer enorme estar aqui com eles”. 
Maura Pardini Bicudo Véras – Ex-Reitora
 

"Parabenizo os professores Josildete e Wanderlei pelo título de professores eméritos recebidos. A PUC-SP orgulha-se e agradece pelas suas contribuições como docentes e pesquisadores na area da Ciência Social, tão importante para a formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida da nossa população."
Altair Cadrobbi Pupo - Pró-Reitora de Educação Continuada

 

 

 

“O título de professor emérito é o coroamento de uma carreira, do trabalho e da dedicação à Universidade, aos alunos e à educação. É muito importante que essa cerimônia se realize para que possamos premiar as pessoas que construíram nossa universidade. Quanto à profa. Josildeth e ao prof. Wanderley, são carreiras que seguiram esses critérios e por isso são premiadas e maravilhosas. Duas pessoas que fizeram a diferença com seus alunos, orientandos e com Universidade, tanto academicamente quanto administrativamente”. 
Márcia Flaire Pedroza - Pró-Reitora de Planejamento e Avaliação Acadêmicos

“Um dia de festa e de reencontro, celebrando aquilo que é mais valioso na Universidade: a dedicação à docência, à pesquisa e a presença humana desses docentes, pesquisadores, com os seus alunos. Esses dois homenageados representam a melhor forma disso tudo. Ter uma convivência mais regular e presencial na universidade, com esse tipo de comemoração e com esta homenagem, é uma ótima maneira de retomar a vida acadêmica mais intensamente após a pendamia. É com muito orgulho e  gratidão podermos ter contado com a presença desses dois brilhantes professores, pesquisadores e pessoas humanas maravilhosas”.
Márcio Alves da Fonseca – Pró-Reitor de Pós-Graduação
 

‘"Hoje foi um dia muito especial. Professores eméritos simbolizam modelos para a Universidade, pelas suas trajetórias especiais, e estes dois homenageados têm caminhos que se ligam à própria história da PUC-SP, instituição preocupada com a inclusão, a diversidade e defesa dos direitos humanos. Ambas as trajetórias de pesquisas, de ativismos e vivências demonstram cabalmente essa relação e importância deles para a nossa Universidade”.Mônica de Melo - Pró-Reitora de Cultura e Relações Comunitárias
 

“Recebi meu título de emérito bem cedo e ele significa um compromisso enorme que tive durante o tempo que eu estive aqui na PUC-SP. (agora aposentada) O título, é na verdade, um compromisso para o resto da vida, tanto com a produção intelectual brasileira, quanto com a instituição PUC-SP, que me concedeu esse título. Por isso, não posso parar. Em relação aos professores Josildeth e Wanderley, foi uma cerimônia comovente e extremamente merecida. Tive contato com ambos durante mais de 50 anos na Universidade e concordo com a reitora quando afirmou que a entrega do título foi um pouco tardia. O que importa, no entanto, é o exemplo deles, a essa altura da vida”.
Salma Tannus Muchail – Professora Emérita
 

“Uma homenagem mais do que merecida para o Wanderlei. Eu era professor da pós-graduação quando o conheci. Ele trouxe um importante conhecimento para a PUC-SP, por ser formado pela JUC (Juventude Universitária Católica). Wanderley deixa uma tarefa à Universidade: nós precisamos enfrentar os novos tempos. Ele e Josildeth, que também é minha amiga, são muito merecedores. Parabéns aos dois”.   
Pe. João Edênio dos Reis Valle – Professor Emérito

 

Assista a cerimônia:

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.