Bolsa Xerox: tire suas dúvidas aqui

Reitoria lançou comunicado com mais informações sobre o benefício

por Redação | 12/09/2018 - 00h

Informações a Respeito do Programa Bolsa Xerox

 

À Comunidade Acadêmica,

A Pró-Reitoria de Cultura e Relações Comunitárias vem a público informar e acrescentar novas informações a respeito do Programa Bolsa Xerox, procurando responder questionamentos feitos pela comunidade e detalhar mais o seu funcionamento. A finalidade é tirar dúvidas e garantir o alcance dos resultados previstos.

A iniciativa do Programa Bolsa Xerox se origina de diálogos desta Pró-Reitoria com estudantes bolsistas, Coletivos e Centros Acadêmicos, como uma política de permanência. O desenvolvimento desta iniciativa contou com a importante interlocução e contribuições do Coletivo de Bolsistas “Da Ponte pra Cá”. Além disso, sua operacionalização contou com a indispensável participação e apoio de setores como SABE, SAE, DTI, PAC, PROGRAD e Central de Cópias, a quem agradecemos.

Ele consiste num programa de isenção no valor de cópias de material didático de leitura obrigatória das disciplinas oferecidas no semestre em curso para estudantes bolsistas -vinculados ao PROUNI ou à Bolsa Fundasp 100%, de todos os campi e cursos. Está sendo desenvolvido em parceria com a Central de Cópias, que é quem recebe as pastas de textos para disponibilização dos textos aos estudantes cadastrados no Programa.

Em linha com o compromisso de atuação desta gestão, pautado pela sustentabilidade e democratização do acesso à leitura, ele foi desenhado na perspectiva de constituir um passo efetivo na direção de uma maior equidade na comunidade acadêmica, por meio da ampliação das condições de acesso ao conhecimento, combinando o acesso aos textos em meio físico ao estímulo à digitalização e disposição de textos em meio eletrônico.

Assim, o Programa conta também com uma cota de digitalização de textos, que estará à disposição das/os professoras/es mediante cadastramento das pastas junto à Central de Cópias, utilizando a ficha de cadastro do programa enviada junto ao comunicado para os professores. Fica sob responsabilidade do docente a gestão do material digitalizado (e a atenção aos dispositivos legais sobre reprografia), visando sua disponibilização para os estudantes.

 

PERGUNTAS FREQUENTES

  1. Quem se beneficia com o Programa Bolsa Xerox?

R: Docentes e discentes. Sejam eles os estudantes bolsistas que aderiram ao programa, dentro do prazo de inscrição estipulado, que terão acesso a uma cota de até 300 cópias gratuitas por semestre, bem como os professores que cadastrarem suas pastas junto à Central de Cópias, que ampliarão o acesso ao material de leitura obrigatória entre os estudantes e também poderão utilizar, de forma gratuita, de uma cota de digitalização de até 300 páginas, podendo, desta maneira, ampliar o acesso ao conhecimento entre todos os estudantes de seus cursos.

  1. Perdi o prazo de inscrição, posso aderir ao programa agora?
  1. Não. Foi publicado e dada ampla divulgação ao Edital de cadastramento dos estudantes bolsistas. Contudo, os estudantes participantes do PROUNI que entraram na Universidade nas últimas chamadas do 2° semestre (que foram matriculados nos dias subsequentes ao prazo), e por consequência, não estavam na PUC durante o prazo de inscrição, poderão aderir ao programa em caráter de excepcionalidade. Para estes casos será enviado um email contendo as explicações necessárias para o processo de adesão.
  1. Quais materiais podem ser impressos através do Bolsa Xerox?

R: Textos tidos como de leitura obrigatória, vinculados ao conteúdo programático do Curso e do semestre em que o estudante se encontra matriculado, desde que esse conteúdo tenha sido cadastrado pelo professor em uma pasta na Central de Cópias.

  1. O que preciso fazer para utilizar meu benefício do Programa Bolsa Xerox?

R: Bolsistas que aderiram ao programa dentro do período de inscrição devem seguir as orientações encaminhadas por e-mail, que estabelecem o cronograma para cada Campus. A partir das datas estipuladas, o estudante deve retirar o talão de requisições impressas nominais no PAC de seu Campus. Com as requisições, o estudante poderá utilizar sua cota na Central de Cópias devendo preencher a quantidade de páginas que está retirando, e assinar a requisição para entregar à copiadora. Para a própria segurança do estudante, as requisições só serão aceitas se apresentadas juntamente a um documento com foto (carteirinha de estudante, RG, habilitação, etc.),

  1. Qualquer professor pode utilizar a cota de digitalização?

R: Apenas os professores que cadastrem suas pastas na Central de Cópias poderão utilizar o serviço gratuito de digitalização previsto no Programa. Ao abrir a pasta junto à copiadora, o professor está habilitado a utilizar sua cota de digitalização, atentando-se para respeitar as leis de reprografia, que atualmente são reguladas nesta Universidade pela deliberação n°15/2005, com destaque para a quantidade de cópias permitidas nela previstas.

  1. É preciso que o professor retire seus textos do local onde estão alocados para a Central de Cópias?

R: O professor deverá fornecer os textos para a Central de Cópias, para que os funcionários da copiadora institucional criem uma nova pasta. Para professores que já possuem pastas alocadas em outras copiadoras, não é necessário retirar as pastas desses locais.

  1. O professor precisa arcar com algum custo para abrir sua pasta na Central de Cópias?

R: Não. Ele precisa tão somente fornecer o material para que a copiadora gere uma cópia que ficará à disposição dos usuários na pasta daquele professor na Central de Cópias.

  1. Existem professores que não precisam cadastrar suas pastas?

R:Bolsistas de todos os cursos e todos os campi aderiram ao programa. Sendo assim, faz-se necessário que os professores da graduação que utilizam pastas em copiadoras como forma de difundir seus textos obrigatórios venham também a disponibilizá-los para o Programa. Um exemplo de professor que não precisa cadastrar suas pastas seria aquele que já disponibiliza os conteúdos por outros meios, por exemplo em meio digital, e que consegue dar acesso do material de leitura obrigatória, sem custos, a todos seus estudantes.

  1. É preciso que o professor identifique quem são seus estudantes Bolsistas para participar do Programa Bolsa Xerox?

R: Não. Há bolsistas em todos os períodos e cursos, justificando a disponibilização dos conteúdos sem esse tipo de identificação. Ademais, todo o processo de adesão ao programa foi realizado por meio digital, de forma que todos os estudantes que aderiram ao programa já se encontram vinculados a uma base de dados administrada pela Central de Cópias e PROCRC, que é responsável pela gestão desse benefício e aferição da sua utilização.

  1. E nos Campi que não possuem Central de Cópias?

R: No caso do Campus Sorocaba, a Central de Cópias está temporariamente fechada, por falta de funcionários para o local. O processo de contratação já está sendo realizado. Assim, o prazo para início de operação está programado para ocorrer ainda em setembro. Assim que a Central de Cópias estiver aberta, as requisições impressas estarão disponíveis para retirada no PAC Sorocaba.

Nos casos dos Campi Ipiranga e Santana, que não contam com a Central de Cópias, o Projeto será efetivado junto às copiadoras locais. Porém, o Programa funcionará da mesma maneira, com a disponibilização das pastas e com a mesma ferramenta para utilização do talão de requisições de cópias.

 

Caso a presente correspondência não tenha esclarecido todas as suas dúvidas, solicitamos entre em contato com a Pró-Reitoria de Cultura e Relações Comunitárias através do e-mail: procrc@pucsp.br.

 

Cordialmente,

Pró-Reitoria de Cultura e Relações Comunitárias

 

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.