Jornalista Jamil Chade lança "O Caminho de Abraão" na PUC-SP

Em romance, correspondente internacional do jornal O Estado de S.Paulo aborda o drama vivido na Síria.

por Redação | 08/05/2018 - 10h

No dia 11/5, no campus Monte Alegre (1º andar, auditório 117-A), o jornalista Jamil Chade, correspondente internacional do jornal O Estado de S.Paulo na Europa, dará uma palestra e lançará seu novo livro "O Caminho de Abraão" (Editora Planeta). O romance, que marca a estreia do jornalista na ficção, acompanha a trajetória de Hagar, uma francesa filha de imigrantes argelinos que supera todas as limitações de sua vida na periferia de Marselha para estudar nas melhores universidades da França. Contratada por uma multinacional, ela é enviada para coordenar investimentos milionários de uma fábrica de cimento na Síria, antes da guerra. Mas o confronto iniciado em 2011 leva a jovem a cumprir ordens criminosas de sua direção em Paris e ela se envolve em um dos conflitos mais sangrentos e cruéis das últimas décadas. A história de Hagar se entrelaça, então, às histórias de milhares de sírios que tentam driblar diariamente a morte.

O evento, promovido pelo curso de Relações Internacionais, será realizado das 11h às 13h. Clique aqui e acesse a página do lançamento no Facebook.

 

Sobre o autor
Jamil Chade é graduado em Relações Internacionais pela PUC-SP, correspondente internacional do jornal O Estado de São Paulo na Europa desde 2000 e colunista da Radio Estadão. Em 2011 e em 2013, Chade foi premiado como o melhor correspondente brasileiro no exterior pelo Comunique-se. Com missões em mais de 65 países, Chade viajou com Papa Bento XVI e Papa Francisco ao Brasil, percorreu a África com o secretário-geral da ONU, Ban Ki Moon, acompanhou refugiados no Iraque, Somália, Darfur e Libéria, e centenas de outras histórias. Suas reportagens sobre os bastidores do esporte mundial renderam ao repórter diversos prêmios, além de participações na CNN, BBC, canais espanhóis, canadenses, suíços e de diversos países. Chade tem três livros publicados. "O Mundo Não é Plano" (2010) foi finalista do Prêmio Jabuti. Na Suíça, o livro venceu o prêmio Nicolas Bouvier, principal reconhecimento jornalístico do país. Em 2011, ele publicou "Rousseff" e, em 2014, lançou o e-book "A Copa como ela é" pela editora Cia das Letras. 

 

                                                                      

 

 

 

 

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.