Mestrando é contemplado com auxílio da John Templeton Foundation

Daniel Rezinovsky realiza sua pesquisa no Pós em Ciência da Religião

por Redação | 23/09/2022 - 00h

O aluno de mestrado Daniel Rezinovsky, Pós em Ciência da Religião, foi contemplado com um auxílio a pesquisa da John Templeton Foundation, uma das maiores fundações internacionais de pesquisa na área de religião e espiritualidade. Orientado pelo prof. Everton de Oliveira Maraldi, o projeto investigará a psicologia das experiências místicas por meio de uma abordagem experimental.

"Meu objetivo é estudar a dimensão cognitiva das experiências religiosas, particularmente das experiências místicas. Ainda não sabemos de que modo a cognição opera em estados místicos, nos quais as fronteiras entre o sentido de eu e o universo tendem a desaparecer. Faltam estudos que investiguem a cognição religiosa para além das crenças e rituais, focos mais comuns na psicologia cognitiva da religião. Deste modo, o estudo almeja preencher uma lacuna no campo, e introduzir um novo modelo experimental", afirma Rezinovsky.

O pesquisador explica que o experimento proposto busca investigar características do sistema visual em primeira pessoa que podem ser relevantes para estados místicos. Mais especificamente, se inspira nos exercícios do escritor e místico inglês Douglas Harding (1909-2007), que notou que o fato de não termos uma representação visual de nossas cabeças no nosso sistema visual em primeira pessoa possui relevância para o estado frequentemente descrito na literatura do misticismo como despertar espiritual. "Harding acreditava que a construção do sentido convencional de 'eu' poderia ser reavaliada a partir de exercícios simples de autopercepção em primeira pessoa, de modo a induzir estados normalmente considerados como místicos. O estudo irá apresentar breves vídeos para os participantes, de modo a determinar se uma mudança de perspectiva em relação à fenomenologia habitual do ponto de vista em primeira pessoa pode ocasionar descrições e atribuições similares àquelas encontradas nos relatos da literatura mística", afirma Rezinovsky.

Para o orientador, o projeto pode colaborar de modo importante para discussões no campo da Ciência Cognitiva da Religião e áreas relacionadas como a Psicologia da Religião e da Espiritualidade. "Do ponto de vista institucional, o financiamento dá visibilidade nacional e internacional ao trabalho da PUC-SP e do programa de Ciência da Religião, considerando-se a importância da Fundação Templeton e da parceria na gestão do financiamento com outra instituição internacional de renome, a Indiana University nos Estados Unidos, bem como duas universidades brasileiras, a Universidade de São Paulo (USP) e a PUC Paraná (PUCPR). O projeto do Daniel é parte de uma iniciativa de incentivo à pesquisa mais ampla intitulada The Scientific Study of Religious Cognition in Brazil, liderada pelos professores Kevin Ladd (Indiana), Wellington Zangari (USP) e Mary Rute Esperandio (PUCPR)", ressalta o prof. Everton.

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.