Campanha “Um Sonho de Natal” entrega primeiros brinquedos

Ainda é possível colaborar, pois a arrecadação segue acontecendo

por Redação | 15/12/2021 - 00h

Dia 6/12, foi realizada a primeira entrega de brinquedos da Campanha “Um Sonho de Natal”, da Pastoral Universitária PUC-SP e Colégio Marillac, em parceria com a empresa Braiscompany, Levante popular da Juventude e o CA Leão XIII. Leia a seguir o depoimento dos participantes sobre a ação solidária:

A doação dos brinquedos aconteceu na creche São Gabriel, instituição fundada e mantida pela comunidade católica Aliança de Misericórdia, situada no birro de campos Elíseos, região central de São Paulo. A creche atende aproximadamente 100 crianças de famílias da Comunidade do Moinho e do seu entorno. Mantida por doações de pessoas de boa vontade, a creche presta um serviço necessário e de fundamental importância para as famílias daquela comunidade que trabalham e não tem onde deixar as suas crianças.

A pesar das restrições e cuidados protocolares, passamos uma manhã quase toda em companhia das crianças, educadores e de demais colaboradores daquele local. Foi um tempo curto, mas muito proveitoso. Os alunos do colégio Marillac e os da PUC-SP engajados com a Pastoral Universitária e os funcionários da Braiscompany puderam interagir, observando os cuidados sanitários, e vivenciar a alegria daquela criançada ao receberem um presente.

Independentemente da grandiosidade ou não do brinquedo, a felicidade era sempre a mesma. Para eles, brinquedo é sinônimo de alegria e pronto. Como é bonito e gratificante ver o sorriso no rosto das crianças, principalmente em um tempo tão difícil como esse que vivemos. Ele soa como um sinal de esperança. Desperta o sonho de um novo tempo de paz, amor e justiça.

A impressão que fica é que custa pouco fazer uma criança feliz e muito menos ainda, vê-la sorrir. Pensar que os sorrisos delas são bálsamo para os nossos olhos, acalento e gratidão para os nossos corações. O Mestre de Nazaré tinha e/ou tem razão quando diz que quem quiser entrar no reino dos céus precisa se tornar uma criança. Para viver numa situação de céu, precisa pouco ou quase nada. Basta apenas se contentar com o mínimo, o básico necessário, assim como as crianças: Se encher de alegria e felicidade, apenas com um simples brinquedo. Essas visitas nos fazem refletir sobre muitos aspectos da nossa existência que são quase sempre calados pelas nossas preocupações, interesses pessoais e correria do dia a dia. Por isso, a importância de sairmos uma vez ou outra da nossa zona de conforto. Para não dizer, zona de conformismo, e perceber que, para além do nosso eu, existem outros eus, outros mundos.

Acreditamos que essas pequenas ações, de alguma forma, podem tocar cada um de nós envolvidos direta e indiretamente com essas iniciativas. Seja como for, o importante é ir além da inércia diante das dores do mundo. Como disse o Papa Francisco, a despeito do sofrimento de muitos causado pela pandemia: “Se pudermos aprender algo em todo este tempo, é que ninguém se salva sozinho”. Ou seja, é um grande equívoco e ilusão da nossa parte imaginar que o sofrimento do outro não tem nada a ver conosco. Daí a importância de participar, se envolver e criar condições que possibilitem o desenvolvimento da nossa humanidade adormecida. Com diz a velha máxima: “não basta ser gente, é preciso ser humano”. A nossa campanha continua. Para doações é só clicar aqui.

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.