Campus Sorocaba sedia Semana da Enfermagem

Evento foi promovido pelo Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo

por Redação | 10/05/2019 - 00h

A Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde (FCMS) sediou, no dia 10/5, as comemorações regionais da Semana da Enfermagem. O evento foi promovido pelo Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo (Coren-SP), em parceria com a PUC-SP e diversas instituições e universidades ligadas à área da saúde em Sorocaba e região.

A abertura oficial do evento foi feita pelo diretor da faculdade, professor Luiz Ferraz de Sampaio Neto, que mencionou o tema central do evento Enfermagem: uma voz para liderar - Saúde para todos. “Vocês são a voz para liderar e levantar a bandeira de saúde para todos”. Segundo ele, os profissionais da enfermagem adquirem, durante suas formações, os conceitos de gestão, liderança de equipe e organização de serviços. “Por isso, são tão admirados e queridos”, pontuou.

O diretor da FCMS abordou ainda questão da saúde pública. “Os três princípios doutrinários que conferem legitimidade ao SUS são a universalidade, a integralidade e a equidade. A universalidade está ligada ao direito que assegura a saúde a todos os brasileiros. Este fato reforça e reafirma a importância e necessidade da inserção dos profissionais da enfermagem na política do SUS, especialmente nos dias atuais, quando ela corre sério risco de ser substituída por outras menos abrangentes”, alertou.

Na sequência, a professora Janie Maria de Almeida, coordenadora do curso de Enfermagem, lembrou que se tratava da 80ª Semana da Enfermagem realizada no Brasil e agradeceu pela presença do conselheiro do Coren-SP, James Francisco Pedro dos Santos, e das demais autoridades. Ela destacou que, nos últimos 80 anos, a Associação Brasileira de Enfermagem promove comemorações e reflexões importantes sobre a profissão. “A questão de estarmos voltados aos pacientes e ao resgate da humanização é muito valorizada, mas não podemos deixar de lado os estudos e a capacitação científica”.

A professora Janie citou que, desde 1986, durante a Primeira Conferência Internacional sobre Promoção da Saúde, realizada em Ottawa (Canadá), existe uma movimentação mundial para a migração do modelo hospitalocêntrico ao da promoção à saúde, cuja previsão inicial era que o conceito ‘saúde para todos’ estivesse implantado até o ano 2000. “Já se passaram quase duas décadas e ainda buscamos essa situação”, ponderou. “Não há dúvida de que melhoramos muito. No Brasil, o SUS proporciona esta abrangência, mas ainda não alcançamos [esta condição] plenamente. Porém, com a nossa voz, puxaremos esta situação para que, daqui a vinte anos, possamos, na 100ª Semana da Enfermagem, afirmar que temos uma situação realmente melhor”.

Durante o evento, foram realizadas palestras, apresentações e premiações de trabalhos científicos. 

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.