Quem tem fome tem pressa: campanha entrega últimas doações

Ações solidárias agora prosseguem com a Campanha “Um Sonho de Natal"

por Redação | 18/11/2021 - 00h

No último dia 13/11, a Pastoral Universitária e representantes do CA Leão XIII e do Levante Popular da Juventude PUC-SP fizeram a última entrega de cestas básicas, material de limpeza e higiene pessoal da campanha Doa PUC-SP “quem tem fome tem pressa”. Desta vez a Instituição beneficiada foi o Instituto Pedro Henrique localizado na Estrada da Cachoeira, Jardim Paulistano.

Leia a seguir o relato dos participantes sobre a atividade:

"Desta vez, fomos ao extremo da zona norte de São Paulo. As doações aconteceram dentro de uma programação festiva organizada pelo fundador do instituto Pedro Henrique que, por sinal, é um ex-funcionário da PUC-SP. O evento aconteceu dentro de uma ação social com várias outras atividades destinadas aos moradores em situação de risco daquela comunidade, em um clima festivo e muito descontraído.

O que podemos dizer é que ao longo dessa campanha, tivemos a oportunidade de acompanhar a distribuição das doações em algumas das instituições beneficiadas e tanto faz serem da Zona norte como da Zona Sul, o que observamos e constatamos é que  a situação das pessoas é em tudo semelhante. Ou seja, mudam os lugares, mas a situação de pobreza e de abandono do poder Público é a mesma. A situação é de abandono. O Estado é eficiente na cobrança do  cidadão e omisso em responder às necessidades básicas dos mesmos. Nesse vácuo, as obras sociais realizadas pelas instituições como a do Instituto Pedro Henrique emergem como uma via capaz de diminuir o sofrimento e lutar pelo resgate da dignidade dessas pessoas. Não é à toa que em todas as comunidades que acompanhamos e ajudamos na distribuição, o sentimento de gratidão era algo predominantemente comum a todas. Os moradores dessas comunidades não economizavam palavras para agradecer e, ao mesmo tempo, criticar o poder público na pessoa daqueles que foram eleitos para fazer algo pelo bem comum. Para os moradores dessas comunidades, 'se a situação já era difícil, a pandemia aprofundou ainda mais. Antes se falava em pobreza, agora é miséria'. Assim, dizem alguns deles.

Não temos a ilusão de que a nossa campanha tenha mudado a situação de alguém, mas pelo menos um pequeno alento acreditamos ter proporcionado. Por isso, o nosso grande agradecimento a todos(as) que participaram dessa iniciativa. O nosso muito obrigado.

O final da Campanha Doa PUC-SP 'Quem tem fome tem pressa', marca a partir de agora, o começo da Campanha 'Um Sonho de Natal'.  Convidamos a todos(as)  que continuem conosco em mais essa jornada do bem. Para contribuir basta acessar este link"

PARA PESQUISAR, DIGITE ABAIXO E TECLE ENTER.